Cotidiano

Outono 2020 em 35 mm

May 14, 2021

Após um loooongo inverno, aqui estou eu com um filme que estava aguardando a revelação desde novembro do ano passado. Deixei o Lomography 800 separadinho pra fotografar o outono porque eu tinha amado os tons do Lomography 100 que fotografei no outono de 2019. Sabia que teria menos dificuldade pra fotografar por conta do ISO alto e procurei registrar coisas nos tons outonais. Amsterdam já estava em lockdown parcial por conta da segunda onda do famigerado vírus. Depois veio inverno, a variante britânica, lockdown prorrogado ad eternum e eu praticamente não saí mais de casa e não fotografei mais. Mas agora as lojas estão reabrindo e consegui levar essa belezinha pro laboratório. Será que me encantei com as cores?

Aquele clichê que não pode faltar
Não é verão sem você

Acho muito legal que por aqui tem esses armários com livros que eu acho que as pessoas podem pegar, mas não sei como funciona direito porque nunca me dei ao trabalho de fotografar e traduzir o que está escrito no informativo. Na Ucrânia tinha também, normalmente em parques e, em Brasília, tinha algo parecido nos pontos de ônibus. Na cidade de vocês também tem algo do tipo?

Também não pode faltar uma selfie no reflexo.
Ouvindo música e curtindo a paisagem: me representa
A linda luz do outono e as folhas avermelhadas

Já ouviu falar de Geocaching? Descobri isso graças a uma foto que postei no instagram e uma colega comentou sobre e eu nunca tinha ouvido falar. É uma caça ao tesouro e eu baixei logo o aplicativo para ver se tinha algum perto da minha casa pra eu brincar. A foto acima é do meu achado. Não era nada demais, só essa latinha onde as pessoas que a encontraram colocam o username e a data que ela encontrou o tesouro. Eu não escrevi nada, só fiz a foto e coloquei a latinha de volta no esconderijo. Preciso procurar outros pela cidade. Eu brincava disso quando era criança, mas eram tesouros imaginários.

Sigo praticando russo com música
Lola pega no flagra
A luz linda do outono se despedindo

Amei os tons do Lomography 800, achei até mais bonitos que os do Lomography 100. Só preciso lembrar de superexpor na hora de fotografar porque precisei aumentar um pouquinho a exposição na edição. Foi a primeira vez que fotografei com um filme de ISO tão alto e adorei. O projeto analógico agora segue com uma nova etapa porque preciso gastar os filmes 120mm. Vamos ver o que vai sair. Espero que vocês estejam todos bem. Por aqui, aguardo ansiosamente a minha cartinha me convidando para tomar a vacina.

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply Laura May 18, 2021 at 11:54 pm

    Nossa, as cores desse filme são lindas demais mesmo, e adorei as fotos!
    Aqui em BH tinha um projeto de livros assim (você pega um e deixa um) nos pontos de ônibus por um tempo e tinha alguns outros pontos também, além de uma biblioteca comunitária que infelizmente alagou no começo de 2020 e depois veio a pandemia, então nem sei a quantas ela anda.
    Amei o post,
    Beijos!

    • Reply Alê May 19, 2021 at 3:07 pm

      Não é, menina? Fiquei encantada <3 Que triste esse alagamento da biblioteca comunitária! Legal saber que em BH tem esses projetos, obrigada por comentar. Uma hora eu tomo vergonha na cara e descubro como funciona o daqui. Beijos!

  • Reply Emerson May 20, 2021 at 1:38 am

    Que fotos incríveis! Parabéns!
    Que chique receber a carta… Aqui no Brasil não tem nada disso e eu nem imagino quando serei vacinado.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    • Reply Alê May 21, 2021 at 2:15 pm

      Obrigada, Emerson! É, no Brasil está bem complicado mesmo com esse desgoverno… Se cuida!

    Leave a Reply