Cotidiano

Três anos de blog (O Tempo Voa)

March 13, 2018

Em outubro do ano passado esse amado blog completou 3 anos de existência. Algumas coisas levam tempo para fazer sentido e só agora me caiu a ficha do quanto foi importante criá-lo. A princípio, era só um lugar para registrar minhas experiências e aprendizados como expatriada, mas acabou se tornando um projeto. Evoluí bastante fotograficamente nesses últimos 3 anos, além de ter evoluído como pessoa também. Não costumo divulgar o blog e a maioria das pessoas que conheço na vida fora da internet não costumam acompanhar o conteúdo que crio para ele. Foi uma grande surpresa ver que pessoas que não conheço pessoalmente se interessam pelo que posto e isso me intriga.

A internet é esse lugar onde acontecem muitas coisas ruins e muitas coisas boas também e tudo isso vem transformando nossas vidas, não é muito doido? Gosto muito de psicologia e fico sempre tentando entender a razão dos comportamentos humanos. Pelo feedback que recebo aqui, percebi que a maioria das pessoas que acompanham o blog são do sexo feminino. Não costumo escrever sobre temas considerados femininos e fico me perguntando o que exatamente atraiu vocês? Foi a vida de expatriada? Foi a Ucrânia? Foram as fotos? É o jeito que eu escrevo? Não sei a resposta.

Fotografia é a linguagem que uso para me comunicar. Não escrevo muito sobre mim, mas apresento as coisas aqui por meio do meu olhar, então acabo falando sobre mim indiretamente. Fico feliz que o jeito que vejo as coisas agrade a algumas pessoas. Tenho aprendido bastante nesses últimos três anos e tento compartilhar esses aprendizados aqui. Mesmo assim, é apenas um pequeno recorte de tudo que venho vivendo. Dá um trabalhão pesquisar, organizar todas as informações e links, mas faço isso porque não quero que você gaste seu tempo com informações inúteis. Demoro tanto para postar porque gasto um tempão criando e revisando os textos.

Por falar em tempo, esse é um assunto que tem ocupado muito a minha mente. Tenho a sensação que ele passa de uma forma diferente morando aqui, parece que passa mais rápido. Talvez por eu não ter uma rotina muito bem definida, quando me dou conta, o dia já terminou. Essa vida de freela é uma grande novidade na minha vida e ainda estou tentando entender como isso funciona.  Aliás, a palavra “novo” que intitula esse blog nunca fez tanto sentido. Tem sempre algo novo no meu destino. Inclusive, o nome do blog só passou a fazer muito sentido mesmo recentemente.

Quando fui escolher o nome do blog, me surgiu essa frase bem óbvia e quando fui pesquisar o domínio, não é que ele estava disponível? Então, essa parte foi bem fácil de resolver. Nunca tinha parado para me perguntar de onde tinha surgido esse nome porque era apenas uma frase muito óbvia que por acaso dei a sorte de estar disponível. Mas esses dias lembrei de algo que me fez entender de onde veio esse nome. Fui procurar no YouTube o trailer de um filme que eu sempre assistia quando passava na sessão da tarde. O nome original dele é “Flashback”, mas em português ele ficou como “Quase Sem Destino” em referência ao “Sem Destino”, título em português para o filme “Easy Rider” que é um dos meus filmes preferidos da vida (já falei sobre isso aqui). Não só achei o trailer do filme, como achei a cena mais linda dele e descobri qual é a música que toca nessa cena e que eu nunca tinha conseguido encontrar o nome. Está aí uma das coisas boas da internet.

Avisei que eu gosto de psicologia neh? Esses três anos têm servido para eu fazer uma autoanálise da minha vida, dos meus interesses, das imagens que se repetem e um resgate da minha criança interior que agora tem tempo e espaço para liberar a criatividade que ficou reprimida por tantos anos. Eu precisava desse tempo para me redescobrir, para acessar memórias, para as coisas fazerem sentido. Ainda estou nesse processo de busca e análise das imagens que crio para produzir algo novo. Mas as peças estão se encaixando aos poucos. Pode ser que você não tenha entendido nada ou tenha entendido tudo. Não importa. O que importa é que eu sou muito grata por todo o feedback de vocês que me ajudou a enxergar algo que eu não enxergava. Vocês me ajudaram a desembaçar o espelho e é por isso que esse blog ainda existe depois de 3 anos. Obrigada de coração. <3

Jefferson Airplane – Comin’ back to me
The summer had inhaled and held its breath too long
The winter looked the same, as if it never had gone
And through an open window where no curtain hung
I saw you
I saw you
Comin’ back to me
One begins to read between the pages of a book
The shape of sleepy music, and suddenly you’re hooked
Through the rain upon the trees, the kisses on the run
I saw you
I saw you
Comin’ back to me
You came to stay and live my way
Scatter my love like leaves in the wind
You always say you won’t go away
But I know what it always has been
It always has been
A transparent dream beneath an occasional sigh
Most of the time I just let it go by
Now I wish it hadn’t begun
I saw you, yes, I saw you
Comin’ back to me
Strolling the hills overlooking the shore
I realized I’ve been there before
The shadow in the mist could have been anyone
I saw you
I saw you
Comin’ back to me
Small things like reasons are put in a jar
Whatever happened to wishes wished upon a star?
Was it just something that I made up for fun?
I saw you, I saw you comin’ back to me

You Might Also Like

19 Comments

  • Reply Gabi March 14, 2018 at 4:43 pm

    <3
    Eu as vezes me pergunto de onde vem a conexão que sinto com pessoas que conheço na internet, mas acho que é isso… acabo topando por aqui com gente que não toparia na vida, mas com quem divido afinidades. No seu caso, gosto do seu texto, das suas fotos, e antes até de conhecer com força o blog, acabei te conhecendo pessoalmente hahaha.. E foi identificação total mesmo, me mostrou que esse feeling de internet as vezes ta bem calibrado.
    Beijos!

    • Reply Alessandra Araújo March 15, 2018 at 5:45 pm

      É muito doido e fascinante essa possibilidade de se conectar com as pessoas por afinidade sem nunca ter encontrado. Parece que é pra acontecer mesmo. Beijos!

  • Reply Katarina March 14, 2018 at 5:07 pm

    E como voa! O meu também tá indo pra o terceiro ano e nem acredito, hahaha. Parabéns e obrigada por compartilhar tanto conteúdo e fotos lindas com a gente ♥

    • Reply Alessandra Araújo March 15, 2018 at 5:48 pm

      Obrigada por estar sempre aqui e que sua experiência seja igualmente enriquecedora em terras polonesas. Espero que a gente consiga desvirtualizar!

  • Reply Taís March 15, 2018 at 12:13 am

    E obrigada por ter criado esse blog e por ter ele agora! Acho que não falo só por mim, mas por todo mundo que curte seu conteúdo aqui. Pelo menos pra mim, é um conjunto de tudo. Suas fotos, sua criatividade, a maneira que você escreve e os detalhes, sua essencia que você pesquisa e tá sempre mostrando coisas mega interessantes, das suas viagens, da Ucrânia, dos seus gostos pessoais.. Parabéns pelos 3 anos de blog e que venham muito mais pra gente continuar acompanhando esse conteúdo tão caprichado que você compartilha por aqui <3

    • Reply Alessandra Araújo March 15, 2018 at 5:53 pm

      Obrigada, Taís! Você foi uma das primeiras que apareceu por aqui bem no iniciozinho do blog. Fico muito feliz que tenha gente que se interessa pelas mesmas coisas que eu espalhadas aí pelo mundo. Dá aquela sensação de que estou no caminho certo. ❤️

  • Reply Flávia Donohoe March 16, 2018 at 1:48 pm

    Eu adoro o seu blog e a forma como você mostra a sua vida, viagens e simplesmente o seu olhar, e fiquei ainda mais surpresa quando descobri que morávamos na mesma cidade e frequentávamos a mesma escola de idiomas, o mundo é um ovo, felizmente existe a internet pra deixar ele bem mais minúsculo, é um prazer te acompanhar e parabéns pelos 3 anos, que venham muitos mais!

    • Reply Alessandra Araújo March 20, 2018 at 3:38 pm

      Foi uma grande surpresa pra mim também encontrar você nesse mundo virtual, Flávia! Obrigada por acompanhar! 😀

  • Reply Leonardo Lakonski March 20, 2018 at 4:57 pm

    Talvez eu seja o único homem que frequenta seu blog, rsrs. O que me atraiu a ele foi a Ucrânia, e também simpatizo com sua originalidade e sinceridade, que é perceptível por meio do que você escreve e seu modo se fazer o blog.

    • Reply Alessandra Araújo March 25, 2018 at 1:27 pm

      Oi Leonardo! Você não é o único que frequenta, mas acho que é um dos raríssimos que comenta. Obrigada por contar o que te atraiu e por sempre acompanhar e comentar. 🙂

  • Reply Ricardo Pavan March 20, 2018 at 11:17 pm

    Parabééééns pelo blog! Eu nunca comento pq leio no trabalho e passo batido, mas estou sempre aqui! Prometo comentar mais!

    • Reply Alessandra Araújo March 25, 2018 at 1:28 pm

      Oi Ricardo! Que bom saber que você está sempre aqui. Obrigada por acompanhar! 🙂

  • Reply Joao Paulo Mota March 22, 2018 at 10:52 am

    Alessandra, em primeiro lugar PARABENS pelo Blog. Estou procurando coisas dobre a Ucrania e achei voce aqui. Muito Bom!
    Estou indo a Final da UEFA em maio desse ano e gostaria de saber se conhece alguem que poderia fazer um servico de guia e tradutor para mim em Kiev. Alguem que fale portugues ou espanhol de preferencia. Enfim…Obrigado pela atencao! E mais uma vez PARABENS!

    • Reply Alessandra Araújo April 5, 2018 at 12:16 pm

      Oi, João Paulo! Obrigada 🙂 Infelizmente não conheço ninguém que faça esse serviço em português ou espanhol. Perguntei para uma colega ucraniana que fala português se ela conhece alguém, mas ela ainda não respondeu. Se ela encontrar alguém, eu te envio o contato por e-mail ok?

  • Reply Tany March 23, 2018 at 5:08 am

    Não lembro quando achei teu blog também, mas lembro que devia estar procurando algo novo. Eu gosto de procurar algo novo pra ler sempre e no caso de blogs eu gosto de pessoas que falem sobre qualquer coisa, mas que saibam falar, se tiverem uma vida diferente da minha também me atrai muito, e sei lá, só que fale o que sente, sabe? Isso que me atrai num blog pessoal e foi isso que me atraiu aqui. Sei que você não perguntou diretamente, mas gostaria de falar.

    Algumas vezes fico triste de não atualizar o blog o quanto gostaria mas nunca dá tempo né? Ainda assim… é bom demais compartilhar o pouco que conseguimos.

    Beijo 🙂

    • Reply Alessandra Araújo March 25, 2018 at 1:31 pm

      Oi Tany, muito legal saber o que te atraiu, adorei que você comentou! Eu também gostaria de postar mais, porém não consigo. Nem tenho conseguido ler e comentar nos blogs de todo mundo que passar por aqui e me sinto meio mal com isso. Mas a gente vai fazendo o que dá neh. Obrigada por acompanhar e comentar. Beijos!

  • Reply FERNANDA SANTOS DOURADO April 17, 2018 at 8:34 pm

    🙂

  • Reply O ano sabático – Um Novo Destino May 11, 2018 at 4:57 pm

    […] nesse post que tenho pensado muito sobre o tempo. Quando me mudei pra Ucrânia, vim muito feliz porque […]

  • Leave a Reply