Viagens

Road Trip pela Ucrânia – Uzhgorod

May 13, 2016

Conforme prometido no último post, aqui começa o relato sobre a road trip pela Ucrânia. O roteiro foi decidido meio em cima da hora com ajuda de um guia que compramos há algum tempo. Saímos num domingo rumo à Lviv, mas antes paramos em Klevan para visitar o Túnel do Amor (Тунель Кохання), um lugar que estava na lista de lugares para visitar há tempos. Provavelmente voltaremos lá, pois a cada estação a paisagem fica completamente diferente. Percebam na foto abaixo que o túnel não estava totalmente fechado, imagino que seja porque a primavera começou há pouco tempo. Nos próximos meses os galhos devem crescer mais até ficar com o formato de túnel bem evidente. Mesmo assim deu para conseguir umas fotinhas.

Essa linha de trem tem 3km e liga as cidades de Klevan e Orzhiv. O trem que passa por ali transporta madeira para uma fábrica local. Diz a lenda que, no início do século XX, um casal usava esse túnel para se comunicar usando lanternas . Essa foi a saída que eles encontraram depois que os pais da garota impediram o romance dos dois por conta da religião do rapaz não ser a mesma da família da garota. Assim surgiu o nome “túnel do amor” e vários casais gostam de ir pra lá tirar fotos e curtir um passeio romântico. Na verdade, várias pessoas visitam esse local, não necessariamente casais. Afinal de contas, o lugar é bonito mesmo e eu descobri que tem até um filme japonês que foi gravado lá. Confira o trailer clicando aqui.

_DSF8417

Seguimos viagem e paramos para dormir em Lviv. Chegamos lá por volta de 3h da tarde, almoçamos e fomos caminhar pela cidade. Como já foi nossa terceira visita, nem fizemos fotos. Mas se você quiser saber mais sobre ela clique aqui e aqui. Bom, no dia seguinte pegamos a estrada rumo à Uzhgorod, cidade que faz fronteira com a Eslováquia. Ela está localizada na região chamada Transcarpathia ou Zakarpattia e quando estávamos subindo as montanhas fomos surpreendidos com nada mais nada menos que NEVE em plena primavera! Só tirei foto com o celular, por isso nem vou colocar aqui. Ainda bem que a neve não chegou a Uzhgorod, mas a temperatura caiu e acabamos passando um pouquinho de frio. Mas nada que chegasse a atrapalhar a viagem.

_DSF8444

_DSF8453

_DSF8457

Assim que fizemos o check in, fomos almoçar num lugar gracinha chamado Panorama e eu fiquei impressionada com a decoração estilo Pinterest. Aliás, Uzhgorod me surpreendeu positivamente em relação aos restaurantes. Com exceção do restaurante do hotel, todos os outros que visitamos eram super modernos. Bem, depois do almoço, fomos dar uma volta pela cidade que já fez parte da Hungria e da Tchecoslováquia bem antes de entrar para o mapa da Ucrânia. Isso explica os nomes de algums lugares que não estão escritos em cirílico. O ursinho da foto acima é um símbolo da região dos Cárpatos e representa a vida selvagem das montanhas.

_DSF8458

_DSF8448

_DSF8459

_DSF8462

O rio Uzh corta a cidade e ao longo dele tem esse calçadão cheio de árvores da foto acima. Caminhamos por esse calçadão até chegarmos na altura do quarteirão Tcheco, famoso pela quantidade de sakuras plantadas lá. Infelizmente, chegamos tarde demais e todas as flores já tinham caído… Quem sabe no ano que vem eu consiga ver uma cerejeira com flores.

_DSF8473

_DSF8478

A foto acima é da filarmônica que já foi uma sinagoga. Ela foi construída em 1904 e é uma importante memória do passado judeu da cidade. Abaixo, a Catedral da Exaltação da Cruz Sagrada que já foi palco de vários eventos marcantes. Em 1848-1849, foi um dos centros da revolução nacional húngara e, em 1919, o conselho do povo rutheniano decidiu fazer parte da Tchecoslováquia.

_DSF8482

No dia seguinte, resolvemos visitar a maior atração turística da cidade: o castelo. A construção imponente fica em um monte e existe desde o século 13. A família Drugeth, de origem italiana, foi a que ocupou o castelo por mais tempo: quase 4 séculos. Eles foram responsáveis pela reconstrução de suas estruturas de defesa que lembram as dos castelos do sul da Itália.

_DSF8488

_DSF8491

_DSF8496

_DSF8501

No palácio principal do castelo, construído no estilo Renascentista, há 40 cômodos onde funciona um museu. Em uma outra área do castelo tem um esquema de degustação de vinhos, mas nós não fomos conferir. O ingresso para entrar no castelo custa 20 UAH, o equivalente a 0,78 dólares.

_DSF8519

_DSF8528

_DSF8541

_DSF8567

_DSF8580

Saímos do castelo e seguimos para o Museu da Arquitetura dos Cárpatos que é bem parecido com o Museu Pirogovo aqui em Kiev. A única diferença é que o de Uzhgorod é bem menor. Não conseguimos ver as casinhas por dentro de novo (foi a mesma coisa no Pirogovo) porque o museu não funciona às terças-feiras. Mas deu para caminhar pela mini vila e ver todas as casinhas por fora. Tentei fazer uma colegagem sincera com o gatinho da foto ali em cima, mas ele não me deu confiança…

Depois do museu a céu aberto, seguimos para o pequeno jardim botânico da cidade e sentamos num banquinho para descansar, tomar um sol e sentir o perfume das flores. As glicínias da foto acima ficam na entrada desse jardim. Agradecimentos especiais à Lolla que me ensina o nome das flores.

Voltamos para o hotel e almoçamos por lá mesmo e à noite só saímos para jantar num dos poucos lugares que ainda estavam abertos (a gente ainda não acostumou com o hábito europeu de jantar cedo). No dia seguinte, pegamos a estrada novamente rumo a Kamyanets-Podilsky e no próximo post conto como foi.

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply Izzy Lviv May 15, 2016 at 4:02 am

    Uau para esse post! Adorei a história do Túnel do Amor. Adorei os nomes das cidades (Lviv! 💚) também. Eu não tinha percebido no Instagram, mas agora vi o alinhamento na foto do ursinho, as linhas na mesma altura do seu nariz, cara, que demais! Você conta os detalhes e as características dos lugares de uma forma tão suave, que fica fácil viajar para cada cantinho citado. É o John Lennon na estátua pequenina? E esse castelo?! Tudo muito lindo, Alê!

    • Reply Alessandra Araújo May 15, 2016 at 1:26 pm

      Seu sobrenome é Lviv?! Acredita que eu não tinha reparado nesse detalhe do alinhamento da linha? Hahhaha não sei se é o John Lennon na escultura. Mas creio que não pq ele não tinha esse bigodão. Feliz que vc curtiu as informações, sempre aprendo muito quando faço as pesquisas para escrever os posts. 🙂

      • Reply Izzy Lviv May 16, 2016 at 1:48 am

        Não é, Alê. Só achei muito bonito e resolvi adotar para fazer o comentário! O “Izzy” também é apelido, haha. Meu nome é uma variação do russo Ivana. : )
        É mesmo, tem o bigodão. E o cabelinho tá mais volumoso e ondulado. Quem será? E curti todas as informações, todas as fotos, tudinho!

  • Reply Road Trip pela Ucrânia – Zhytomyr – Um Novo Destino May 21, 2016 at 7:43 pm

    […] sobre mais uma cidade ucraniana. Se você perdeu os outros posts dessa road trip, clique aqui e […]

  • Reply Road Trip Alemanha – Nürburg e Bonn – Um Novo Destino April 20, 2017 at 7:24 pm

    […] trip que fizemos pela Ucrânia na primavera do ano passado, não conseguimos ver as cerejeiras em Uzhgorord, pois elas já tinham caído. Mas dessa vez conseguimos, yay! o/ Muitas já haviam caído, mas […]

  • Reply Casal Partiu em Kiev – Um Novo Destino July 14, 2017 at 1:02 pm

    […] Ele disse que é de Uzhgorod e eu contei que tinha visitado a cidade dele no ano passado (clique aqui para ver o post). Qual a chance de DO NADA encontrar um ucraniano que fala Português do […]

  • Leave a Reply