Viagens

Road Trip Portugal – Espanha

March 13, 2020

Conforme prometido no post anterior, aqui estão as poucas fotos que fiz com a câmera digital durante essa pequena road trip de inverno. Não visitei nenhum cemitério nessa viagem, mas teve essa capela maravilhosa em Évora, cheia de ossos e com muita explicação, que ajudaram meu marido a entender porque eu gosto de visitar esses lugares.

A Capela dos Ossos era um espaço de oração e meditação sobre a efêmera condição humana, construída pelos frades franciscanos no final do século XVI, com os ossos que estavam nos túmulos das igrejas e cemitérios da cidade. A frase escrita na porta de entrada é um convite à reflexão, um lembrete de que a morte chega para todos nós.

A seguir, um dos textos que estavam expostos na capela:

“As caveiras descarnadas

São a minha companhia

Trago-as de noite e de dia

Na memória retratadas;

Muitas foram respeitadas

No mundo, por seus talentos,

E outros vãos ornamentos.

Que serviram à vaidade,

E talvez… na Eternidade

Sejam causas de seus tormentos!”

Painel de azulejos, de Álvaro Siza

O painel de azulejos da foto acima fica em frente à porta de entrada da capela e ilustra uma alegoria à vida em oposição à morte presente na capela dos ossos. Na imagem da esquerda, a mãe (Maria) contempla os primeiros tempos de seu filho (Jesus), sob o olhar orgulhoso do pai (José). Na imagem da direita, mãe e pai elevam ao céu o filho – salvador.

Após toda essa reflexão, pegamos a estrada (com névoa! \o/) em direção ao Castelo de Mértola e fizemos amizade com um cachorrinho e gatinhos.

Chegamos em Faro no final da tarde e a cidade nos recebeu com um belíssimo pôr do sol. Demos uma volta pelo centro, jantamos e fomos descansar para pegar a estrada novamente no dia seguinte.

A voz das ruas (risos)

Passamos três dias em Jerez de La Frontera, onde terminei meu filme preto e branco. Fiz essa mesma foto em pb, mas não podia deixar de registrar em cor, pois mira essas paredes!

Vi vários pés de mexerica tanto em Faro quanto em Jerez e isso me lembrou demais o Brasil. Foi uma delícia fugir um pouco do inverno de Amsterdam, ver o sol e pegar temperaturas de 16 graus pra cima. Adorei saber que entendo espanhol mesmo sem ter terminado o curso e sem estudar há séculos. Não tenho fluência, mas as pessoas entendiam tudo que eu falava. Almocei em uma bodeguita um dia e a moça que me atendeu foi uma fofa, fez questão de falar devagar sobre as tapas sem carne e eu comi duas tapas incríveis.

Jerez não é uma cidade super turística, mas tem muito mais estrutura do que eu achava que teria. Encontramos um bistrô perto do hotel que servia frango à passarinho e carne louca. Jantamos lá todas as noites. Pensamos “pra quê ir a outro lugar se a gente já descobriu esse que é bom?”. Claro que escolhi as opções vegetarianas, mas marido provou e aprovou a carne louca haha.

Na volta para Lisboa, resolvemos seguir direto e só paramos para abastecer o carro e comprar uns lanchos. O próximo post será com as fotos analógicas que fiz em Lisboa. Espero que esteja tudo bem com vocês nessa sexta-feira 13. Por aqui, seguimos sem corona vírus. Cuidem-se!

You Might Also Like

9 Comments

  • Reply Claudia Hi March 23, 2020 at 2:23 pm

    Cachorrinhos e gatinhos são as melhores “pessoas” pra conhecer durante a viagem. São sempre super receptíveis haha

    Hum, fiquei querendo ver os pratos desse bistrô!

    Estou atrasada, mas minha sexta-feira 13 não teve nada demais. Na verdade eu até que estava feliz porque já era sexta! haha

    Se cuidem do lado daí Alê ♥

    • Reply Alessandra March 25, 2020 at 10:07 am

      Sim, eu saio fazendo amizade com os gatos todos pelas ruas hahahha Fico te devendo as fotos dos pratos, não ando tirando foto de comida ultimamente. Mal sabia eu que seria a última sexta-feira que eu poderia sair livremente pelas ruas… Estamos nos cuidando, bem quietinhos em casa. <3

  • Reply K. March 29, 2020 at 4:27 am

    que saudade que eu tava do seu blog, alê! fotos maravilhosas e assim que puder vou parar para me atualizar e ler suas últimas postagens<3

    • Reply Alessandra March 29, 2020 at 10:16 am

      Que saudade das suas visitas! Obrigada por tirar um tempinho para ler e deixar um comentário. <3

  • Reply Inverno em Preto e Branco – 35mm – Um Novo Destino March 29, 2020 at 10:26 am

    […] de visitar a capela dos ossos de Évora, fui gastar meu filme com uma névoa […]

  • Reply Laura Nolasco March 30, 2020 at 2:51 am

    Fiquei até sem fôlego com essas fotos, já estou doida pra ver as próximas!
    Adorei o post,
    beijos

    • Reply Alessandra March 30, 2020 at 8:36 am

      Em breve sai o último post dessa viagem. Beijos!

  • Reply Camila Faria March 30, 2020 at 10:51 pm

    UAU Alê, fiquei impactada com a Capela dos Ossos, que lugar incrível. E suas fotos, sempre valorizando o que há de mais bonito, curioso e inusitado dos lugares. AMO.

    • Reply Alessandra March 31, 2020 at 11:27 am

      Oi Camila! Também fiquei impactada porque não estava esperando que teria toda essa poesia e, o melhor, na nossa língua. Eu tenho essa coisa com a escrita. Já tinha visitado uma cripta em Roma, mas não teve o mesmo impacto dessa. Feliz que você ama meu gosto peculiar hahahha 🙂

    Leave a Reply