Cotidiano, Viagens

Inverno em Preto e Branco – 35mm

February 29, 2020

Tem tempo que a Amélie não aparece por aqui, então resolvi começar logo esse post com esse retrato dela. Ela adora livros, cadernos, papéis. Acho que é porque ela sempre ficava comigo quando eu estudava pra concursos e ainda não tínhamos adotado a Lola. Uma verdadeira nerd.

Depois que revelei o filme de Paris, coloquei um Kodak Tri-X 400 na câmera porque acho que o inverno combina com preto e branco. Dei muita sorte de ser presenteada com uns dias de névoa que eu amo e saí inspirada para fazer as fotos abaixo apesar do frio.

As árvores dessa rua são muito maravilhosas.

No final de janeiro, viajamos para Lisboa e alugamos um carro para pegar a estrada rumo à Jerez de La Frontera, onde marido foi fazer um curso. Nós ainda não conhecíamos Portugal e Espanha e eu fiquei bem animada com a ideia de curtir alguns dias com um inverno bem mais ameno que o de Amsterdam.

Fizemos uma pequena road trip e a primeira parada foi em Évora. Chegamos no final da tarde e, na manhã seguinte, abri a janela e me deparei com a vista abaixo. Será que fiquei feliz? 😀

Antes de visitar a capela dos ossos de Évora, fui gastar meu filme com uma névoa incrível!

Inspirada pelo cenário apocalítipico de “Dark”.

Depois faço um post só com as fotos digitais que fiz na capela dos ossos. De lá, pegamos a estrada novamente em direção à Faro, onde fiz as duas fotos abaixo antes de seguirmos para Jerez de La Frontera.

Passamos 3 dias em Jerez, dos quais só fui explorar a cidade em um porque estava na TPM e sem muito ânimo para ficar perambulando sozinha enquanto marido estava no curso. A cidade não tem muitas atrações turísticas e eu tinha planejado fazer um bate e volta para Sevilla, mas acabei preferindo evitar a fadiga e fiquei assistindo TV em espanhol. Me julguem.

Consegui terminar o filme lá no dia que resolvi flanar pela cidade e aproveitar a temperatura agradável.

O papa que era POP.

Entrei nesse centro de dança flamenca e fiquei apreciando esse pátio interno ao som de música flamenca.

Fiquei feliz em saber que ainda lembro um bocado da língua espanhola, apesar de não estudar há mileanos.

Mais um filme terminado com sucesso. Não fotografava com filme preto e branco há tempos e não curti muito o resultado. Tive que editar bastante essas fotos porque achei que ficaram escuras demais. Pode ter sido a revelação, daí teria que revelar em outro lugar para ver como fica. Além disso, a revelação é cara, cerca de 25 euros. Quando eu quiser fazer fotos preto e branco, melhor fazer com a digital mesmo.

Em breve farei o post de Lisboa com as fotos do filme colorido que gastei lá. Estou adorando esse projeto de fotografar viagens em filme. Estou num relacionamento sério com a Olympus OM2n.

You Might Also Like

13 Comments

  • Reply Gabi March 1, 2020 at 4:49 pm

    Ale, sua trevosinha ahaha.. eu adorei a pegada soturna dessas fotos, e minha favorita é aquela que acho que é o Rafa num estacionamento. Eu super entendo você encarapitada dentro de casa vendo TV hahaha não julgo e faria o mesmo inclusive! Mas tem umas roadtrips que elas mesmo valem mais que o destino, né? E só de ter ido, já valeu a pena! Beijão e boa semana pra vc!

    • Reply Alessandra March 2, 2020 at 10:44 am

      O inverno é soturno neh, ainda mais fotografado em preto e branco. A névoa dá um ar super misterioso, adoooro! Não estava com vontade de interagir com estranhos em espanhol, muita fadiga e a tpm contribuiu para eu querer ficar bem na minha. Foi bom fugir do inverno de Amsterdam e ter um contato com o sol. Beijos e boa semana pra vc tb!

  • Reply Renata March 7, 2020 at 9:16 pm

    Eu adoro quando a gente começa um dia, olha pela janela e a cidade tá no maior estilo “Silent Hill”, hahaha 🙂 Amei suas fotos e amei ainda mais quando você disse que foi no centro de dança flamenca. Ultimamente tenho tido muita vontade de aprender mais sobre o espanhol, acho lindo e adoro falar também. A Espanha deve ser um sonho. Quero muito conhecer também!

    Renata | Rivière du Souvenir

    • Reply Alessandra March 9, 2020 at 11:50 am

      É lindo neh, Renata? Feliz que você curtiu as fotos e também é uma apreciadora de névoas. Desejo que você tenha oportunidade de conhecer a Espanha y pueda hablar español. Encontrei esse centro de dança flamenca por acaso e resolvi entrar de curiosidade e me deparei com um belíssimo pátio bem cara de Espanha.

  • Reply Clayci Oliveira March 11, 2020 at 12:32 pm

    Ale, não sei nem o que dizer dessas fotos.
    Eu também AMO preto e branco e acho que tem tudo a ver com o clima hahahahhaa

    • Reply Alessandra March 12, 2020 at 4:39 pm

      Combina muito neh, Clayci!

  • Reply Road Trip Portugal – Espanha – Um Novo Destino March 13, 2020 at 5:59 pm

    […] prometido no post anterior, aqui estão as poucas fotos que fiz com a câmera digital durante essa pequena road trip de […]

  • Reply BA MORETTI March 15, 2020 at 8:56 pm

    eu AMEI essas fotos ♥ e aquela das árvores, a natureza é muito incrível né 🙂

    • Reply Alessandra March 16, 2020 at 8:34 am

      ah, que feliz que você amou! sim, a natureza é muito incrível. adoro observar os ciclos <3

  • Reply K. March 29, 2020 at 4:29 am

    morro de vontade de testar um filme p&b, nunca usei!
    as fotos estão maravilhosas como sempre ♥

    • Reply Alessandra March 29, 2020 at 10:18 am

      Testa, K! É uma experiência muito interessante tentar “enxergar” em preto e branco. Obrigada pelo comentário e elogio! :-**

  • Reply Rafaela Ribeiro April 23, 2020 at 4:19 pm

    Amo foto em P&B! As da natureza são as minhas favoritas! ♥♥♥

    • Reply Alessandra April 26, 2020 at 10:10 am

      Ah, que legal! Também adoro as de natureza. Obrigada por comentar! <3

    Leave a Reply