Cultura, Gastronomia

Projeto 6 on 6 – їжа та напої (Íja ta napoí)

September 8, 2015

Chegando MEGA atrasada, mas aqui estou eu com as fotos do projeto 6 on 6. Tardo, mas não falho! Porém, tenho que confessar que só consegui fazer uma foto e as outras são fotos de arquivo que já apareceram por aqui em outros posts. Não costumo tirar fotos de comida, então tive que dar uma engabelada, já que o tema do projeto esse mês é comidas e bebidas ou їжа та напої  em ucraniano. Bom, eu não como carne vermelha, então vou falar aqui apenas das comidas típicas que já experimentei.

A foto que abre o post é da vareniki (вареники), uma massa cozida recheada que lembra um pouco o ravioli. O recheio pode ser salgado ou doce como por exemplo: queijo, cogumelo, repolho, carne, frutas vermelhas. Na Polônia ela é conhecida como pierogi.

_DSF4268

A borsch (борщ) acho que é o mais famoso prato típico ucraniano e todo mundo que pisa aqui nessa terra precisa provar. O ingrediente responsável pela cor vermelha da sopa é a beterraba, mas o gosto dela não sobressai porque a receita leva vários outros legumes como cenoura e repolho. Algumas receitas levam carne, mas eu costumo separar num cantinho e tomo só a sopa mesmo que é deliciosa. Ela costuma ser servida com sour cream para você misturar e a combinação é realmente perfeita. Tem uma versão verde também, mas eu nunca provei. É muito fácil encontrar a receita dessa sopa na internet, inclusive eu já postei aqui um vídeo da minha amiga me ensinando a fazer (até hoje eu não fiz… SHAME, SHAME, SHAME).

A deruni (Деруни) é outro prato típico ucraniano que já provei. Nada mais é do que uma panqueca de batata que normalmente é servida com cogumelos e sour cream. Não costumo pedir tanto em restaurantes porque eles costumam exagerar no óleo na hora de fritar as panquecas e eu sempre fico com aquela sensação de peso no estômago. Provavelmente a caseira seja mais apetitosa. Por falar em panqueca, outro prato típico é a panqueca de queijo ou сирники. Ela costuma ser servida no café da manhã, mas eu poderia comer essa gostosura a qualquer hora do dia por todos os dias da minha vida. Exageros à parte, a bendita da panqueca é bem gostosa e também costuma ser servida com sour cream ou geléia. Pode colocar mel também que fica mara! Ou frutinhas, huuumm…

_DSF7321

Agora vamos falar dos bons drinks? Vaaaaaaaaaaaamos! A foto acima foi a única que fiz especialmente para esse post e traz aquela que é conhecida de todos vocês e não poderia ficar de fora desse post, a vodka. Mas por aqui ela atende por outro nome: horilka (горилка). Portanto, se você estiver por aqui, procure esse nome no menu que você se dá bem. A outra bebida típica que aparece na foto é a kvass (квас) feita de pão fermentado. Não é uma bebida alcoólica e o gosto parece de cerveja, só que menos amarga porque a receita leva frutas ou ervas. Costuma ser uma bebida caseira, mas há a versão industrializada também. Não acho a bebida mais deliciosa do mundo, mas também não acho ruim. Inclusive bebi essa aí depois que fiz a foto.

IMG_3641

_DSF4165

Aqui é a parte que eu tive que improvisar. Café (кава) não é uma bebida típica da Ucrânia, mas os ucranianos amam! Para todo canto que você olhar aqui em Kiev, vai ter um café e esse da foto é do Magic Snail, um quiosque em forma de caramujo rosa choque que está espalhado pela cidade inteira. Lviv é muito conhecida pelo seu café, inclusive tem até um festival do café que acontece todo ano por lá (clique aqui para assistir o vídeo de divulgação desse ano). Na foto seguinte sou eu tomando uma limonada (лимонад), outra bebida que não é típica, mas é super comum em qualquer restaurante. A parte interessante é que a limonada aqui não é sempre de limão, há uma variedade enorme de limonadas. Gosto especialmente da de morango com manjericão.

Canonet030

Pra finalizar, um registro analógico feito pelo marido enquanto eu e nosso amigo Daniel saboreávamos o tradicional sorvete Lakomka (Лакомка). Fiquei esperando ele chegar para eu poder provar esse sorvete tão onipresente aqui na cidade. Não provei antes porque tenho um físico a zerar e uma cota de sorvete por ano. Ok, pode chamar de louca.

Não posso encerrar esse post sem deixar de citar os fantásticos chocolates e sobremesas da Lviv Handmade Chocolate (Львівська майстерня шоколаду) e os pratos que levam o nome da cidade: o bolo Kiev (Київський торт) e o frango à Kiev (Котлета по-київськи). Como eu não consegui fazer as fotos dessas iguarias, vocês terão que matar a curiosidade com a ajuda do google images, sorry.

Conheça outras delícias pelo mundo com as outras 5 participantes do projeto: Paula (Amsterdam), Lolla (Inglaterra), Loma (Coreia do Sul), Taís (Irlanda), Ana Paula (Austrália).

 

You Might Also Like

20 Comments

  • Reply Paula A. September 8, 2015 at 6:45 pm

    Okay, é oficial: eu PRECISO ir pra Kiev, só pra comer! hahahah
    Seu post foi o que mais me deu água na boca, bateu até os bolos ingleses incríveis da Lolla. Queria que você pudesse ouvir meu estômago roncando nesse momento – em partes porque são 19h e ainda não jantei, péssima hora pra ler seu post! hahahah.

    • Reply Alessandra Araújo September 8, 2015 at 6:52 pm

      hahahahhahahaha ai Paula, venha! Vai ser um prazer te levar nos restaurantes para comer os pratos típicos daqui. Olha que a Lolla fala de comida muito bem hein! Isso é porque você me fez ir dormir com fome ontem por conta do seu post que resolvi ler na cama.

  • Reply K A H September 9, 2015 at 5:51 am

    A panqueca de batata e a de queijo foi a parte que mais me chamou atenção. AMO/SOU queijo nessa vida e acho que a mistura dele com frutas ou mel fica absolutamente perfeita, quero, HAHAHAHA. E comassim limonada de outras frutas?! Tb já quero, hauhahuahuaha.

  • Reply Bárbara Hernandes September 9, 2015 at 12:16 pm

    Assim como a Kah, também fiquei muito curiosa com a panqueca de queijo e de batata, adoro panqueca! Mas como assim você só come sorvete uma vez por ano, mulher? rs Eu sou apaixonada por sorvete, se pudesse comeria 2x por dia todo dia… rs

    E as sobremesas por aí, tem alguma típica?

    • Reply Alessandra Araújo September 9, 2015 at 6:47 pm

      Bárbara, tb sou fã de panquecas. E o sorvete eu limito, mas não é só uma vez por ano. Mas garanto que são poucas porque não gosto de arcar com as consequências hehe As sobremesas típicas eu ainda não conheço. Quando formos apresentadas eu conto aqui. 😉

  • Reply Mellanye September 11, 2015 at 1:04 pm

    Uma vez experimentei pierogi, mas era congelado, então não sei se foi isso, mas achei tão ruim 🙁 hahaha a massa não tinha gosto de nada, e o recheio era completamente sem tempero. Acho que preciso experimentar em algum restaurante, fresco e bem feitinho haha
    Deruni deve ser bom, amo panquecas! <3 Essas panquecas de queijo que você citou tem algum nome especial? Digo tradicional e tal. Eu sou maluca por queijo 🙁 haha sempre fico caçando receitas com queijo pra fazer em casa ˆ_ˆ
    Frango à Kiev é uma das minhas receitas de frango favoritas haha Agora, o bolo eu nunca provei… Dei uma procurada e pareceu bom demais :((((
    beijos

    • Reply Alessandra Araújo September 17, 2015 at 12:40 am

      Mellanye, a primeira vez que provei a vareniki/pierogi foi num restaurante de praça de alimentação e achei ruim. Mas resolvi dar uma segunda chance porque desconfiei que tinha comido no lugar errado. E com certeza faz diferença comer uma fresquinha num restaurante descente. As panquecas de queijo chamam сирники (sirniki) ou домашній сирники (domashní sirniki). Legal saber que o frango à Kiev é uma das suas receitas favoritas! Beijos.

  • Reply Taís September 11, 2015 at 6:34 pm

    To aqui lendo esse posto minutos antes da janta e meu estomago roncando.. ai que pecado hahahahaha
    to aqui salivando pra experimentar a sopa (sem a carne).. as panquecas, a bebida… o chocolate.. ai, comer é muito bom né? E e ótimo ter essas experiências gastronomicas em outros lugares tb. As fotos ficaram lindas, Alê,.. adorei essa toda divertida de vocês com o sorvete! haha e nossa, parabéns por seguir forte nessa cota do sorvete, acho que eu não consegueria haha

    • Reply Alessandra Araújo September 17, 2015 at 12:46 am

      Sim Taís, as experiências gastronômicas super fazem parte da cultura e geram lembranças dos lugares que a gente visita ou vive. Sobre a cota do sorvete, ando saindo muito da linha esse ano viu…

  • Reply Lolla September 14, 2015 at 7:18 pm

    A “limonada” que não é de limão me lembrou a “marmelada” daqui, que – pasme – não é de marmelo. Ou melhor, nem sempre. Pode ser, mas aí o nome é “geléia de marmelo” mesmo, porque marmelada é de… frutas cítricas. Hahahaha.

    E essa massa? Hmmm, recheada de frutas vermelhas deve ser maravilhosa. ♥ Eu já tomei borsch, mas aquelas em lata que vendem no supermercado. Aqui as sopas enlatadas são maravilhosas, mas certeza que a versão caseira deve ser ainda melhor (fiquei a fim de provar a versão verde). Não tô vendo a foto da panqueca, não carregou ou não teve mesmo?

    • Reply Alessandra Araújo September 17, 2015 at 12:51 am

      Marmelada de frutas cítricas?! Lolla, a vareniki com recheio de frutas vermelhas é dos deuses, te garanto. A borsch enlatada eu nunca provei, mas tenho certeza que não faz jus à versão fresquinha. Infelizmente não tem foto da panqueca, sorry… Mas ela é muito gostosa. Minha mãe provou e quer voltar lá no restaurante de tão delícia que é.

  • Reply Maíra Azevedo September 17, 2015 at 9:01 pm

    Já ouvi falar muito na Borsch, mas tem aquele leve detalhe de ter que viajar pra provar a pura e original kkkk Eu até posso tentar fazer em casa (já que vc disse que era fácil e aparenta pela foto ser mesmo!), contudo posso demorar a descobrir o verdadeiro gosto da sopa.
    Ótimo post!! Tô muito a fim de provar tudo isso! Vou anotar para uma possível viagem [inesperada] no futuro!!
    Beijins!

    • Reply Alessandra Araújo September 23, 2015 at 12:16 pm

      Obrigada pela visita e pelo comentário, Maíra! Espero que você tenha a oportunidade de viajar para provar a borsch e viver outras experiências tão boas quanto o sabor dela. Inclusive nem precisa sair do Brasil para provar uma autêntica borsch, já que tem uma comunidade grande de ucranianos e descendentes que vive no sul do país. Beijos!

  • Reply Lidia September 18, 2015 at 9:42 pm

    Eu já comi essa “panqueca” de batata na casa de uma amiga bielorrussa, é bem boa, mas mesmo feita em casa usa-se bastante óleo para fritar… É uma das melhores comidas para acompanhar uma bebedeira de vodka! Aliás, foi comendo isso que consegui encher a cara de vodka e não ter ressaca pela primeira vez na vida, hahaha!

    Beijos

    • Reply Alessandra Araújo September 23, 2015 at 12:18 pm

      Tá explicado então, Lídia! Eu estava comendo do jeito errado, sem o acompanhamento da vodka. Agora fez total sentido! hahaha Beijos!

  • Reply Edilson Souza May 4, 2016 at 3:29 am

    Olá Alessandra, estou indo para Kiev semana que vem a trabalho. Espero poder apreciar essas iguarias com suas dicas que li aqui. Belo post.

    • Reply Alessandra Araújo May 6, 2016 at 7:33 pm

      Olá, Edilson! Obrigada pelo elogio e prove mesmo os pratos ucranianos, afinal a comida é uma parte super importante durante uma viagem. Obrigada pelo comentário! 🙂

  • Reply Alessandro Paiva September 12, 2016 at 4:46 pm

    Hum, o pierogi foi uma das melhores coisas que comi na Polônia, então, em Kiev, terei que me esbaldar nos vareniki 🙂 Mais uma vez, obrigado por compartilhar ótimas experiências!

    • Reply Alessandra Araújo September 12, 2016 at 6:03 pm

      É bom demais neh Alessandro? Eu comi a pierogi em Cracóvia para saber se era a mesma coisa mesmo e é. Então pode provar que é garantido. Feliz que você está curtindo as dicas.

    Leave a Reply