Browsing Tag

língua ucraniana

Cultura, Kiev

Show da Onuka + NAONI

September 4, 2018

A artista ucraniana Onuka vem fazendo uns shows com a NAONI, uma orquestra nacional de instrumentos folclóricos ucranianos e esse ano eu finalmente consegui vê-los ao vivo. A primeira vez foi no inverno, no belíssimo Centro Internacional de Cultura e Artes, também conhecido como Palácio de Outubro. Esse palácio está localizado na rua Instytutska, do lado da Maidan Nezalezhnosti. Não só foi a primeira vez que vi a apresentação da Onuka com a NAONI, mas foi também a primeira vez que visitei esse palácio e ele é lindíssimo por dentro. Uma perfeita locação para um filme do Wes Anderson.

Porém, as fotos desse post foram feitas em outro show da Onuka+NAONI, uma apresentação gratuita que aconteceu no dia 26/04, data que o acidente de Tchernóbil completou 32 anos. A cantora/compositora Natália Zhyzhchenko foi diretamente afetada por essa tragédia, já que o pai dela trabalhava em Tchernóbil e recebeu uma alta dose de radiação. Em 2016, o acidente nuclear completou 30 anos e Onuka lançou o EP “Vidlik”. A música “1986” faz parte desse EP e faz referência ao ano em que o acidente ocorreu. As duas fotos abaixo são do momento da apresentação dessa música e as projeções do telão são do videoclipe que mostra a vida selvagem que retornou a Tchernóbil após a evacuação dos seres humanos. Você pode assistir o vídeo clicando aqui.

Continue Reading…

Cultura

A Vênus das Peles – Leopold von Sacher-Masoch

March 22, 2017

Em fevereiro, li mais um livro que tem relação com a Ucrânia. O escritor Leopold von Sacher-Masoch nasceu em Lviv (que se chamava Lemberg) em 1836 e, nessa época, a cidade fazia parte do império Austro-Húngaro. Você pode nunca ter ouvido falar desse livro ou desse autor, mas com certeza conhece o termo masoquismo. Pois bem, esse é o tema central de “A vênus das peles”, porém ainda não existia um nome para essa tendência em 1870, ano de lançamento do livro que imortalizou Masoch. O psiquiatra Richard von Krafft-Ebing foi o responsável por criar o termo que deriva do nome de Masoch e seu trabalho repercutiu nos meios intelectuais e literários de todo o mundo ocidental. Em 1905, Freud publicou os “Três ensaios sobre a teoria da sexualidade” e usou o mesmo termo, popularizando-o de vez.

A história de Masoch também serviu de inspiração para a música “Venus in Furs” da banda Velvet Underground. Essa música é uma das faixas do famoso “disco da banana” e esse vinil lindo da foto abaixo foi comprado aqui em Kiev. Confesso que só fui descobrir a conexão entre o livro e a música depois que visitei o bar temático que leva o nome do autor e fica em Lviv, sua cidade natal. Aí pronto, me senti na obrigação de ler o livro neh!

Continue Reading…

Cotidiano, Kiev

Projeto 6 on 6 – Лютий

March 7, 2017

Opa, opa, chegando atrasada mais uma vez, mas marcando presença. Лютий (Fevereiro) foi o último mês do inverno e eu percebi que não peguei na câmera para fotografar. Tive que apelar para as pouquíssimas fotos que fiz com o celular e, ainda assim, tive que roubar e colocar umas fotos feitas em março para completar as 6 fotos para o projeto 6 on 6. Espero que agora em março com as temperaturas mais altas (entre 10 e 15 graus) eu consiga fotografar mais. Pode vir primavera!

Continue Reading…

Cultura

Dois livros: Os Russos e Um diário russo

February 13, 2017

Vamos tirar a poeira desse blog? Vaaaamos! Bom, continuo a minha jornada de leituras relacionadas à Ucrânia e de imersão na cultura eslava. No final do ano passado, li o livro do autor Angelo Segrillo sobre os russos. A Editora Contexto tem uma coleção dedicada a vários povos e, como não há um livro específico sobre os ucranianos, li esse sobre os russos que inevitavelmente fala um pouco sobre a Ucrânia, já que toda a história começou aqui em Kiev. Angelo Segrillo é professor de História Contemporânea na USP e especialista em Rússia e URSS. Ele morou e estudou na Rússia e escreveu diversos livros sobre o país. Esse livro é bem legal para o leitor ter uma ideia geral sobre a cultura, a história, a geografia e os costumes russos, alguns deles compartilhados pelos ucranianos.

Continue Reading…

Cotidiano, Cultura

Os desafios de aprender uma nova língua

November 2, 2016

Quando escrevi o post de comemoração de um ano vivendo na Ucrânia, comentei sobre a minha dificuldade com a língua. Após dois anos vivendo em Kiev, continuo não falando ucraniano, mas já consigo me comunicar bem melhor do que há um ano. Estou estudando com uma professora particular desde julho e agora a evolução está bem mais rápida. Terminei o curso do Duolingo recentemente e posso garantir que ele não é suficiente. Não foi tempo perdido, já que ele me ajudou bastante, mas estudar com um professor faz muito mais efeito.

Continue Reading…