Viagens

Road Trip Alemanha – Frankfurt (parte 1)

May 4, 2017
_DSF0234

A última parada dessa road trip pela Alemanha foi Frankfurt, onde passamos um fim de semana. Resolvi dividir o relato em duas partes para o post não ficar grande demais. Bom, chegamos numa sexta-feira e fomos direto para o aeroporto para devolver o carro que havíamos alugado. De lá pegamos o trem para a estação central e ficamos hospedados ali pertinho. Fizemos o check in e fomos procurar um lugar para comer. A rua que fica logo em frente a estação central é lotada de restaurantes indianos, asiáticos, comida do oriente médio… É um retrato da quantidade de imigrantes que moram em Frankfurt. Acabamos escolhendo o Walon & Rosetti e quando chegamos não tinha ninguém e ficamos meio na dúvida se eles estavam servindo comida, mas estavam e o rapaz que nos atendeu foi super atencioso. Comi uma tortilla vegetariana incrível! Claro que esqueci de fazer foto, mas lembrei de registrar a placa do bar/restaurante que é bem pequenininha, então tem que prestar bastante atenção para encontrar esse lugar.

Não fizemos nada à noite, preferimos descansar e explorar os arredores no dia seguinte. Os dias que passamos lá foram cinzas e frios, mas tivemos sorte de não pegar chuva forte, apenas alguns chuviscos. A primeira coisa que fizemos no dia seguinte foi comprar pão de queijo no mercado de produtos brasileiros Ponto Brasil & Latino.  Inclusive, já preparamos uma fornada para a nossa professora de ucraniano provar essa maravilhosa iguaria brasileira e ela amou! Bom, assunto de extrema importância resolvido, seguimos para o Kleinmarkethalle para ver os produtos disponíveis por lá e comparar preços e gostei de ver que é possível encontrar de tudo. Inclusive dá pra comer por lá também, pois há alguns lugares que servem pratos. Acho que cidades onde há uma quantidade grande de imigrantes costumam ter uma boa variedade de alimentos.

_DSF0183-2

_DSF0194-2

_DSF0190

_DSF0196-2

Em seguida caminhamos rumo ao Schirn Kunsthalle para ver a exposição do René Magritte. Fiquei MUITO feliz quando estava pesquisando sobre o que fazer em Frankfurt e descobri que essa exposição estava lá. Eu sigo a jornalista Isabel Junqueira no snapchat e ela mostrou essa exposição quando ela estava no Centre Pompidou em Paris e eu fiquei com muita vontade de visitar também. Magritte foi o primeiro artista que despertou o meu interesse por artes visuais quando eu tinha 10 anos e li um livro infantil que usava as obras dele para contar uma história. Achei aquilo tão genial que tenho o livrinho até hoje. A primeira vez que vi uma obra dele ao vivo foi no MALBA e já foi emocionante, mas essa foi a primeira vez que tive a oportunidade de ver uma exposição inteira sobre ele com vídeos, informações sobre sua vida e suas ideias, além das várias obras. Foi como ir ao show de um artista que você gosta muito, saí do museu muito satisfeita. Mas achei que a exposição seria maior, mesmo assim valeu super a pena.

_DSF0202-2

_DSF0203

_DSF0209

_DSF0210-2

_DSF0216-2

_DSF0220

_DSF0260-2

_DSF0258

Depois do museu, passeamos rapidamente pela parte antiga de Frankfurt. A praça onde ficam as construções medievais se chama Römerberg e é bem diferente do restante da cidade que é cheia de prédios super modernos e altos. Eu adorei essas árvores esquisitinhas e não perdi a oportunidade de registrar mesmo estando com a lente 35mm que não é a mais apropriada pra isso.

A caminhada continuou rumo ao Main Tower, um arranha-céus que tem uma plataforma de observação onde você pode ter uma vista panorâmica da cidade. O ingresso custa EUR 7,50 e o elevador te leva a 191 metros de altura e você ainda sobe mais alguns andares de escada, totalizando 200 metros de altura. Na segunda foto abaixo dá pra ver exatamente onde a gente estava. No canto inferior direito da foto você vê os prédios das fotos acima, a parte antiga de Frankfurt. Estava muito frio e ventando bastante, mesmo assim ficamos lá por um tempo apreciando a vista da cidade (e eu stalkeei horrores a mina do casaco rosa hehe).

_DSF0224

_DSF0225-2

_DSF0237

Bateu fome e decidimos almoçar no Café Karin, um restaurante que serve café da manhã o dia todo. Já comentei em algum post por aqui que amo pratos de café da manhã, então é claro que esse lugar me agradou muitíssimo. E dessa vez eu não fiz a blogueira fajuta e lembrei de fotografar a comida! Estava bonito, estava gostoso e estava saudável. Nem sempre eu consigo, mas tento escolher comidas saudáveis durante as viagens. Tivemos sorte de conseguir uma mesa porque o local estava bem cheio. Eu não lembro se ele é muito carim (dois dinheirim no Foursquare), mas garanto que é gostosim e bonitim hehe.

_DSF0238-2

_DSF0243

_DSF0241

_DSF0244

_DSF0246

_DSF0247-2

_DSF0252

_DSF0256-2

Logo ao lado do café fica a Casa do Goethe que nós não visitamos, mas fiz um fotinha para registrar (a penúltima acima) e para finalizar, um pedaço do muro de Berlim com arte de Thierry Noir. Em breve escreverei o post sobre a última parte dessa road trip pela Alemanha. Para ler os outros posts sobre essa road trip, clique no link a seguir: Road Trip Pela Alemanha.

 

 

 

 

You Might Also Like

10 Comments

  • Reply Bárbara Hernandes May 4, 2017 at 7:24 pm

    Que fofa você segurando os pacotes de pão de queijo! rs. Vocês não encontram nenhum produto brasileiro na Ucrânia?

    • Reply Alessandra Araújo May 5, 2017 at 2:40 pm

      Amor eterno, amor verdadeiro haha Aqui na Ucrânia encontro manga (cara!), abacate e café do Brasil. O resto são produtos de outros países e da própria Ucrânia.

  • Reply Ana May 7, 2017 at 2:25 pm

    Não sou muito fã de Frankfurt, mas sempre ia lá quando precisava comprar coisinhas na lojinha brasileira. Acho a cidade muito grande, muitos prédios, tirando a parte antiga, claro, que é uma gracinha. Que o pão de queijo faça muito sucesso por ai 🙂

    • Reply Alessandra Araújo May 8, 2017 at 3:25 pm

      Ana, confesso que não caí de amores por Frankfurt não. Berlin continua sendo minha cidade alemã preferida até agora.

  • Reply Katarina Holanda May 8, 2017 at 6:14 pm

    Que lugares lindos! <3 Até eu daqui do Brasil fiquei babando pensando nesse pão de queijo pronto, hahahaha.

  • Reply Lolla May 9, 2017 at 11:50 pm

    Sua foto com o pão de queijo é ♥
    De Frankfurt eu só conheço o aeroporto… Mas em Hamburgo onde fui ver o show da Tori Amos eu almocei num restaurante brasileiro cuja feijoada continha pedaços de… bife. Mas o show foi ótimo. 😀 Aqui em Londres tem lojinha brasileira a dar com pau, é lá que compro meu maravilhoso adoçante “importado” porque o reino unido não acredita no conceito de adoçante líquido. E saudades das backerei alemãs. ♥

    • Reply Alessandra Araújo May 11, 2017 at 11:05 am

      Minha amiga brasileira que sempre vai pra Londres costuma contrabandear pão de queijo pra mim. Nunca pensei que a minha foto com o pão de queijo fosse agradar tanto, mesmo com meu cabelo completamente cagado hehe O que vale é o sentimento sincero. Que amor, você viu a Tori Amos ao vivo! Deve ter sido ótimo mesmo.

  • Reply KARINE May 11, 2017 at 10:38 pm

    sua foto com os pacotes da massa de pão de queijo > ♥ HAHAHA
    e fotografar desconhecidos com a paisagem: amo! as fotos ficam mais legais, né?

  • Reply Taís May 17, 2017 at 11:07 pm

    Pao de queijo..PRIORIDADES! <3 HAHAH amei essa foto!
    Meus planos mudaram e eu acabei não conhecendo Frankfurt, vi a cidade pelo onibus mesmo.. legal ler agora o teu post pra ver mais do que eu nao vi! haha

  • Leave a Reply